domingo, 27 de junho de 2010

putz! o que eu fiz com esse blog?!

entrei para colocar um texto aqui, depois de uma existência, mas... apareceu umas opções e acabei clicando.... e? mudou tudo aqui!!! já tentei consertar, mas...

luciana, desculpe!! consertamos na semana que vem.

bjin a todos vocês três.

(:

segunda-feira, 19 de abril de 2010

pensamentando

se eu durmo de menos, em algum lugar há alguém que dorme de mais. bem... pode até não ter lógica, mas, como eu tenho certeza disso, se algum dia eu encontrar esse miseravel dorminhoco eu... aaaaaa eu nem sei o que farei!


CADÊ O MEU SONO?!


¬¬

sexta-feira, 16 de abril de 2010

essa minha cabeça...

...não colabora comigo!

vá lá que tenhamos medo do desconhecido, mas medo do medo do desconhecido?!

domingo, 28 de março de 2010

quando cuidamos, cuidado há.
e se não houver cuidado?

até.

;)

domingo, 14 de março de 2010

pensamentando

olá!
peço a Deus uma semana de paz e solução para todos nós;
também peço a ele uma semana na qual eu possa continuar aprendendo a deixá-lo resolver os meus problemas.
peço a Deus que eu tenha bom êxito nas minhas coisas. e que a minha saúde esteja melhor na semana vindoura do que esteve nessa que se passou.
sei lá... peço a Deus que eu seja mais dele, e ele mais meu.
e agradecer? agradeço sim.
ele sabe que o só eu estar aqui falando com ele, já é uma atitude de gratidão.
bem... agradeço a meu Pai do céu, por ser meu Deus.
obrigada, Pai.

:)

boa semana a todos nós.

até.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

pensamentando...

tava aqui pensando que não há como eu escapar do amor que Deus tem por mim. e sinceramente há dias que isso é muito ruim, uma vez que este amor por vezes me protege de mim mesma, e de situações que eu adoraria me envolver.
foi ao chamado deste amor que atendi certa vez, e isto absolutamente nada neste mundo vai mudar -- eu sou d'ele e ele me ama. ele me ama apesar de mim, pois sabe quem sou de verdade. ah! como me sinto segura por isso.
então posso dizer que amor do Amor por mim é maravilhoso. e em meus dias de escolha, de livre escolha, é ruim. pois muitas vezes me orienta de forma que eu conscientemente escolho algo que não me agrada no momento, mas que é exatamente o que trará o que é bom a mim, assim me fazendo o bem. e em outras tantas vezes, de forma que eu jamais saberei, pois sou inconsciente quanto as ações do Amor, este ao me amar me livra da realização de meus desejos, que se realizados, seriam a concretização de algo realmente mau em minha vida.
assim é muito claro que quando sou amada, e o que desejo e gosto é feito ou acontece, acho lindo, maravilhoso. e que quando igualmente sou amada, mas o que se realiza não é o meu desejo, e sim um ato de preservação do meu bem estar real, muitas vezes, quase cem porcento delas, não reconheço as maravilhas e a beleza do que houve. e isto é muito compreensível, posto que naquele instante não me interessa o que foi feito de bom por mim, porque eu gostaria de algo que me satisfizesse, ainda que se constituindo em algo que me trouxesse o mau.
dessa forma, só posso dizer a mim mesma e a qualquer pessoa que esteja lendo este texto uma coisa -- todas as coisas que acontecem comigo, ou com você, expressam as ações do Amor por minha e sua vida. o que houve, ou há, e mesmo haverá, nos agradando ou não é consequência da ação do Amor.
nos dias de coisas boas, ou de coisas ruins, e mesmo nos dias que aparentam coisas ruins somos amados, sempre o Amor nos ama.
sinceramente, as palavras uma a uma me faltam, mais parece que estão quietas e em reverência ao Amor, este Amor que me ama. francamente, chego a me assustar -- ele me conhece e me ama.
uma coisa: "Deus é amor".
alguém pode explicar, algo inexplicável como a ação do Amor?
acho que não, né?!
rs
com o carinho de sempre,
;)

2010

201020102010201020102010201020102010201020102010201020102010

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Vento na cara


Viver tem seu mistério.


Só sofremos se estamos vivos, só choramos se estamos vivos, só nos decepcionamos se estamos vivos, só... só... só... se estamos vivos...


Resumindo viver é sentir!!! O bom e o ruim que há no mundo e nas pessoas. É interagir com o outro e consigo. É não ter controle de nada e de ninguém... ainda que isso assuste sobremaneira!!!


Outro dia uma amiga me disse: A vida não é pra pensar é pra viver.


Como gosto de pensar, filosofar, divagar enfrento dificuldades em viver sem racionalizar. Mas, não vejo outra possibilidade.


Tenho que pensar nem que seja um pouquinho... Mas tenho que me esforçar pra não me deter em pensamentos sem fim... Que me fazem correr como cachorro atrás do rabo.


Estou me esforçando!!! Quero simplesmente viver!!! Já que estou aqui... Vamos lá: a aventura de um dia após o outro!!!


Quero vento na cara.


Quero ser quem eu sou.


Não tô afim de menos e nem de mais.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

De remédios e dores


De vez em quando acho que tenho uns desejos absurdos, mas talvez nem tanto...

Hoje tive vontade de inventar um remédio, desses tipo DORIL que "você toma e a dor sumiu..." Um remédio que trouxesse sanidade as pessoas, integridade a sociedade e a mim.

Queria muito que tal comprimido existisse. Sim, comprimido porque nada melhor para a dor ou a falta de caráter que um tratamento alopático. Não, mil vezes a homeopatia não!!!!

É importante dizer que sou filha de médico(quem também é sabe que essa frase significa muita coisa). Significa muitas idas a hospitais, muitas observações de receitas preenchidas e muita, muita medicação. Quando era pequena a caixinha de remédios sempre vivia cheia de amostras e mais amostras grátis.

É.. queria um comprimido. Não um ansiolítico nem um antidepressivo. Queria a cura num gole.
A cura de mim mesma, das minhas faltas, da minha insensatez, do meu desperdício de tempo e afeição. A cura da dor, da falta do que nunca vou ter, da ingratidão com a vida.

Queria um só comprimido que me trouxesse redenção. E se o tivesse, iria fazê-lo em série. Iria distribuí-lo em larga escala aos presos no vício, aos mortos em vida, aos que não se expõem, aos que vivem em cima do muro desfrutando das máscaras.

Queria entregá-lo aos pais que abusam sexualmente de crianças em sua inocência, queria ofertá-lo aos políticos que não prezam pela vida... e iria guardar mais alguns para mim em caso de recaída!!!!

Desejos de remédios...

Desejos de não dores...

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

e o orkut disse:

"Todas as gerações dão risada da moda antiga, mas seguem religiosamente a moda atual."


a sabedoria orkutiana merece ou não merece ser pensada?!


até!

;)